sábado, 12 de dezembro de 2009

CANÇÃO PARA MENINAS

desejo teus passos calcando chamados
nas rodas da rua, nos vãos desta casa
eu ouço teus passos
me iludo & embaraço tuas sombras a minha
eu quero teus risos nas vagas calçadas
teus risos por perto tangendo mentiras
de vocábulos inventados para os teus agrados
me embriago em luzes dos teus olhos distantes
em fogo aproximarei as mãos dos teus traços
corpos ninféteis povoando meu sangue de correrias
exponho a cara para o incesto
maravilhado em tuas carnes tenras
semi-fêmeas
quase-mulheres que deliram meu sexo
em horas sem métrica, quase-mulheres
estandartes de gozo
eu abrirei larga boca para os teus suores
para os teus cheiros eu oferendo sede eterna
de lábios que se aguçarão derramados
na ânsia de beber teus centímetros em pedaços
& alvoroçarem tuas inocências
tuas ternuras guardadas, teus sexos verdes
eu alcançarei teus espantos
com alegria descobrirei tuas descobertas
em mim amanhecendo



________________________________________
(do livreto AMERICANTO AMAR AMÉRICA
& OUTROS POEMAS, Nordestal Editora,
Recife, 1975)

Nenhum comentário:

Postar um comentário