domingo, 5 de fevereiro de 2017

POETAS DE PALMARES (1973) : "Velha Seca", de Juareiz Correya






"Velha Seca", da antologia 
POETAS DE PALMARES (1973) 




......................................................................... 
"(...) 
Ontem eu estava louca pra fazer, ela disse assim  
sem espantar as caras habituais do bar. 
E contou se afogando no copo de vinho 
que procurou um homem a noite inteira e não encontrou nada..." 


____________________________________ 
Página (24) do livro impresso 
AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, 
de Juareiz Correya  
(Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010) 




domingo, 29 de janeiro de 2017

POETAS DE PALMARES (1973) : "História de Província ", de Juareiz Correya






"História de Província", 
da antologia 
POETAS DE PALMARES (1973)




..................................................................... 

"(...) 
e o estudante correndo com o coração na boca 
atropelou muita gente 
porque pensava que o exército 
metia porradas no povo 
pra prender subversivos..." 



_______________________________________________
Página (23) do livro impresso
AMERICANTO AMAR AMÉRICA
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20,
de Juareiz Correya
(Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010)

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

POETAS DE PALMARES (1973) : "CANÇÃO", de Juareiz Correya






"Canção", da antologia 
POETAS DE PALMARES (1973) 




......................................................

Poemas gargaloam secamente até a minha boca 
e os meus gritos gelam as estrelas que ardem 
dentro das salas onde são seviciados e torturados 
os homens do meu tempo, 
onde a minha geração sacrifica-se 
pelo bezerro de ouro das igrejas depravadas 
e os anjos bíblicos 
forjam cadeias para as suas alegrias.   


___________________________________________ 
Página (22) do livro impresso 
AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, 
de Juareiz Correya  
(Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010) 





domingo, 8 de janeiro de 2017

POETAS DE PALMARES (1973) : "CATHERINE DENEUVE III", de Juareiz Correya






Antologia POETAS DE PALMARES 
(1973) 




"(...) 
a câmera fecha-nos em círculos cada vez menores 
e explora a cama e os nossos corpos Catherine 
mas não é possível uma cena onde se respire solidão 
com a tua presença Catherine com os teus olhos 
Catherine em cima de mim na cama"   





________________________________________ 
Página (21) do livro impresso 
AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, 
de Juareiz Correya  
(Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010) 

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

POETAS DOS PALMARES (1973) : "CATHERINE DENEUVE II", de Juareiz Correya






CATHERINE DENEUVE II 
(Antologia "Poetas de Palmares", 
Palmares, PE, 1973) 




"além do pouco espaço desta cama eu me esforço 
e não te conheço Catherine como o mundo é tão estranho 
quando caminho pelas ruas e te procuro 
eu vejo teus cabelos claros esvoaçando com a brisa 
apertada dos subúrbios e teu riso mágico 
e teus olhos grandes e me penduro nos teus lábios 
confusos sorvetes sólidos cachorrosquentes 
em guardanapos de poemas pornográficos..." 



______________________________________________ 
Página (20) reproduzida do livro impresso 
AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, 
de Juareiz Correya  
Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010) 


domingo, 27 de novembro de 2016

POETAS DE PALMARES (1973) : "CATHERINE DENEUVE", de Juareiz Correya







CATHERINE DENEUVE 
(Poetas de Palmares, 1973) 




"não te conheço além desta cama Catherine 
além dos limites desta cama do pouco espaço 
e eu não sei esconder a emoção quando ela 
me sacode como uma britadeira a emoção 
que me descobre nos rios dos teus olhos Catherine
................................................................... " 



______________________________________________________
Página (19) da antologia POETAS DE PALMARES 
- Editora Palmares, Palmares, PE, 1973 - 
reproduzida do livro AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, de Juareiz Correya
(Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010










sexta-feira, 18 de novembro de 2016

POETAS DE PALMARES (1973)







POETAS DE PALMARES  
(capa da primeira edição) 



POETAS DE PALMARES -  Seleção e introdução de Juarez Correia. Poemas de Fernando Griz, Eurípedes Afonso Ferreira, Adalberto Marroquim, Mário Marroquim, Raimundo Alves de Souza, Artur Griz, Fenelon Barreto, Antonio Veloso, João Costa, Calazans Alves d'Araújo, Ezequias Pessoa de Siqueira,  José Ramos, Eliseu Pereira de Melo, Rubem de Lima Machado, Jayme Griz, Ascenso Ferreira, Telles Junior, Eniel Sabino de Oliveira, Afonso Paulins, Juarez Correia.
Editora Palmares, Palmares, PE, 1973. Livro composto e impresso nas oficinas gráficas da Editora Universitária / Universidade Federal de Pernambuco.  Volume de 144 páginas, formato 14 x 22, tiragem de mil exemplares.


_____________________________________________________
Reprodução / transcrição de páginas do livro  
AMERICANTO AMAR AMÉRICA E OUTROS POEMAS 
DO SÉCULO 20, de Juareiz Correya  
(Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010)