terça-feira, 19 de julho de 2016

AMERICANTO AMAR AMÉRICA : Opinião de Paulo Azevedo Chaves







     "Lançado em 1975, com selo da Nordestal Editora, Americanto Amar América, de Juareiz Correya, foi quadrinizado, na década passada, por Roberto Portella. O resultado dessa parceria é uma produção inédita na história editorial brasileira.  Com efeito, pela primeira vez um poema é editado em livro, sob a forma de quadrinhos, em nosso País.   

        O álbum reproduz 16 pranchas concebidas pelo artista plástico recifense, nelas a imagem plástica não desmerecendo a força lírica e a expressão sensual dos versos do poeta palmarense, antes enriquecendo-se de uma visão própria, igualmente lírica e plena de sensualidade."   



(DIARIO DE PERNAMBUCO
- Recife, PE, junho de 1993) 





__________________________________________________
Transcrito do livro AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, de Juareiz Correya
- Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010