domingo, 17 de março de 2013

O SOM E A TERNURA





Em tua voz escuto melhor o meu nome.
A suavidade com que dizes 
o que tu queres
é doce e agradável como a tua boca.
Tuas palavras são beijos.
Teu pensamento desejo.
E mesmo que nada fales,
sinto que te conheço a nua intimidade,
com a certeza da luz 
que a tua voz revelará.



(Do livreto AMÉRICA INDIGNADA
Y POEMAS DA ALEGRIA DA VIDA,
de Juareiz Correya
- Panamerica / Nordestal Editora, Recife, 1991)




_____________________________________________
Transcrito do livro AMERICANTO AMAR AMÉRICA
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20,
de Juareiz Correya
- Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010