domingo, 5 de fevereiro de 2017

POETAS DE PALMARES (1973) : "Velha Seca", de Juareiz Correya






"Velha Seca", da antologia 
POETAS DE PALMARES (1973) 




......................................................................... 
"(...) 
Ontem eu estava louca pra fazer, ela disse assim  
sem espantar as caras habituais do bar. 
E contou se afogando no copo de vinho 
que procurou um homem a noite inteira e não encontrou nada..." 


____________________________________ 
Página (24) do livro impresso 
AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, 
de Juareiz Correya  
(Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010) 




Um comentário:

  1. "Velha Seca" sem nenhuma ternura... lembrei de um "Contos de Aprendiz" /CDA - "A velha louca" não é opinião feminista - é opinião Feminina - estes monumentos que são verídicos deveriam ser retratados com um pouco de amor,deram-no e secaram/1973 irrepetível...

    ResponderExcluir