segunda-feira, 7 de março de 2016

"AMERICANTO" : OPINIÃO DE GRAÇA LINS







     "Li, reli e absorvi todos os poemas do Americanto, confesso que criei inúmeras imagens.  Se num poema "América" é região, em outro "América" é mulher, é um desejo insistente, é um grito até.  Poderia chamá-la de poesia de vanguarda, por seu sentido essencial de renovar e de recriar e talvez pelo número restrito de leitores cônscios.  Existe sobretudo uma recriação de palavras, você as recoloca no poema com outra roupagem.  


...................................................................................................


     Falando seriamente, levei 15 minutos para ler Americanto,  foi o tempo gasto dentro do ônibus, do centro para a minha casa.   Mas para viver ... Americanto me custou momentos, horas, dias." 
- GRAÇA LINS  (Carta ao autor, Recife, 1975) 





___________________________________________________
Texto transcrito do livro AMERICANTO AMAR AMÉRICA
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, de Juareiz Correya  
(Panamerica Nordestal Editora, Recife, PE, 2010) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário