sábado, 16 de janeiro de 2016

AMERICANTO AMAR AMÉRICA : Opinião de Antonio de Campos






"... Há uma visão seletiva nos elementos que Juareiz Correya traz à fundição de seus versos :  sua seleção se faz em juntar seres éticos de vários matizes : tanto canta a grandeza de Victor Jara, como dedica e se inspira ao elaborar o mais longo poema de Americanto Amar América que dá título à reunião de seus poemas numa evolada beatitude americana : sua geração beat.  Juareiz Correya à imagem de Ginsberg : dono de criminosas gaivotas.  Criminosas por voarem além dos rótulos, das convenções, dos partidos e das seitas.  Companheiro de Francisco, pai dos beats..."

(ANTONIO DE CAMPOS - Jornal do Commercio, Recife, PE, 1983) 




___________________________________________________
Transcrito do livro AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, de Juareiz Correya  
(Panamerica Nordestal, Recife, PE, 2010) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário