quarta-feira, 20 de novembro de 2013

COMUNICADO PARA DESCONHECIMENTO DA CIDADE





a cidade ignora a tua presença. 
ela não sabe  
que por seus membros apertados  
passeia a tua carnal beleza, 
que percorres, com a tua graça, 
o seu inalterado cotidiano, 
conheces no teu sorriso  
as estações dos seus bairros, 
e que expressas, sensual e doce, 
olhares e bocas de suas ruas e becos, 
e as sensações dos seus luares e rios, 
iluminando pelas praças e pontes
com a tua magia de fêmea 
a invenção de sóis e ventos  
dos seus dias e noites renascidos. 
e porque te encontro a cidade inteira te olha : 
atenta e espiã a cidade te descobre  
e os homens te buscam com fome  
e as mulheres te invejam com raiva. 

AH CIDADE VG 
IGNORA NOSSA EXISTENCIA  


(Do folheto AMÉRICA INDIGNADA
Y POEMAS DA ALEGRIA DA VIDA
- Panamerica Produções / Nordestal Editora,
  Recife, PE, 1991)


________________________________________________
Transcrito do livro AMERICANTO AMAR AMÉRICA 
E OUTROS POEMAS DO SÉCULO 20, de Juareiz Correya   
- Panamerica Nordestal Editora,Recife, PE, 2010


Nenhum comentário:

Postar um comentário